Você sabe o que é Máquina POS?

Mas o que são os equipamentos POS?

POS é uma das tecnologia mais comuns para leitura e transmissão dos dados financeiros.
Aceitar cartão de crédito e débito tem se tornado indispensável para estabelecimentos comerciais. Para que isso aconteça, o varejista precisa contar com uma tecnologia para leitura e transmissão dos dados financeiros, e os mais comuns são o POS (Point of Sale – ponto de venda)

O que é POS

POS (Point of Sale ou Ponto de Venda) é a solução mais conhecida como maquininha de cartão portátil.

Sabe quando você sai para almoçar ou jantar em um restaurante e torce para que não precise se levantar e ir até o caixa para pagar sua conta?

O garçom traz a maquininha até sua mesa e, de repente, parece que estamos no mundo ideal.
Isso acontece graças à maquininha POS!

Aqui, vale um adendo: ainda existem, no mercado, máquinas que são POS e não são portáteis.

Algumas adquirentes ainda oferecem a opção de maquininhas POS que são conectadas a fio e precisam ser operadas no caixa/balcão.

Com o passar do tempo, essas maquininhas foram evoluindo e se modificando cada vez mais.
Agora, grande parte delas atendem à categoria portátil.

Por ser extremamente prática, muitos lojistas acabam optando pelo POS em seus negócios.
Pega o cartão do cliente, põe na máquina, digita o valor, senha, confirma, via impressa e voilà! O valor está pago.

Embora seja a opção mais comum, é necessário tomar algumas precauções no controle dos seus POS, para que não haja nenhuma surpresa na sua gestão financeira.

Vantagens do POS

Caso o estabelecimento consiga trabalhar apenas com uma maquininha, o POS é uma ótima opção por ter um preço bastante atrativo.

Com um sistema próprio bastante intuitivo, ele se torna fácil de usar e pode ser um grande aliado daqueles que ainda possuem certa hesitação com a tecnologia.

A mobilidade da maquininha é um grande diferencial, principalmente para quem trabalha com delivery, pois ela pode ser levada até a casa do cliente.

Você não precisa de uma automação comercial integrada (Sistema ERP + Pinpad + TEF + Internet) para realizar transações.

Alguns exemplos:

  • Em alguns estados o TEF é obrigatório para alguns tipos de estabelecimentos. Recomendamos sempre olhar a legislação vigente do seu Estado.
  • Conferência das taxas cobradas pelas adquirentes – Elas estão cobrando corretamente?
  • Conferência das vendas realizadas em cada POS, de acordo com o tipo de transação (crédito ou débito) para que você possa fazer a sua previsão do fluxo de recebimentos